O País – A verdade como notícia

“Moçambique é um país de futebol”, Patrick Kluivert

Patrick Kluivert começou no AFC Ajax em 1994, mas foi em 1995 que começou a ganhar fama, ao fazer no dia 24 de Maio de 1995, o único golo da vitória do Ajax sobre o Milan na decisão da Liga dos Campeões da UEFA de 1994/95. Com esse golo, é ainda hoje o jogador mais jovem a marcar um tento numa final do principal torneio do continente europeu, quando tinha apenas 18 anos, 10 meses e 23 dias de vida. Na sua carreira jogou pelo Milan, Barcelona, Newcastle United, Valencia, PSV Eindhoven, Lille OSC. Após o final do contrato voltou para os Países Baixos fez-se treinador de futebol e muito recente esteve no cargo de director desportivo de futebol do PSG. Na sua curta passagem por Moçambique, deixou ficar algumas linhas do seu pensamento sobre o futebol.

Pela primeira vez em Moçambique, com que impressão ficou?

A primeira impressão é muito boa, as pessoas são muito educadas. É um país bonito.

Como nasce a ideia das "Lendas do Barcelona" virem jogar em Moçambique?

Nós já realizamos alguns jogos em África. Moçambique foi o terceiro país no qual jogamos. Os anteriores foram um grande sucesso. Queremos explorar mais jogos em África.

Porque a escolha de Moçambique desta vez, para realizar este jogo?

Porque achamos que Moçambique é um país de futebol, também para dar uma oportunidade às pessoas em geral, crianças e turistas, e trazer energias positivas para Moçambique.

Talentos africanos são excepcionais

Qual a sua opinião em relação ao talento africano, os jogadores espalhados pela Europa, Ásia e América?

África tem grandes talentos a jogarem em grandes campeonatos do mundo. Se olhar para as competências individuais dos talentos africanos são simplesmente excepcionais. Em diferentes partes de África tens sempre o nascimento de grandes jogadores que depois chegam aos grandes palcos mundiais e vencem importantes troféus pelos seus clubes.

Quais os pontos fracos e fortes do jogador africano?

Eu penso que um dos pontos importantes é que são muito fortes mentalmente e fisicamente, e querem sempre alcançar algo em frente, por isso fazem bonito na liga espanhola, inglesa entre outras. O jogador africano não se importa em que país joga, ele representa bem.

Jogou com vários atletas africanos, pode mencionar qual deles mais o marcou?

Quando eu jogava no Ajax, tive dois colegas africanos, os nigerianos Nwaku Kanu e Finnidi George. Eles notabilizavam-se pela sua qualidade e fúria no futebol. Com ajuda deles vencemos a Liga dos Campeões, a Liga Holandesa, mas pelo caminho conheci outros grandes jogadores de África de talento ímpar.

Falou do Ajax e ocorre-me agora que a selecção holandesa não está a atravessar um bom momento de forma. O que está errado? Os resultados estão longe das expectaivas dos adeptos.

Concordo que os resultados não estão a favor dos jogadores da selecção, não sei exactamente o que se passa porque temos jogadores experientes na selecção e que devem puxar pela equipa e pelas novas chegadas. E há realmente coisas que eu não sei como explicar. Se olhar para unidades individuais da selecção holandesa, são muito bons jogadores, mas como equipa estão a falhar. As possibilidades para chegar ao campeonato do mundo se foram… Toda gente viu o último jogo diante da França, foi muito pesado. Mas é como disse, não posso dizer muito sobre este tópico. 

Que mudanças os adeptos podem esperar num futuro próximo?

Os adeptos podem esperar que os jogadores lutem até a última gota de suor para melhorar a actual situação. Mas é como disse, vai ser difícil. Quando há uma pequena oportunidade, tem que se lutar por ela.

Aumento de equipas no mundial é oportunida para os que nunca participaram

Qual é a sua opinião em relação ao novo dispositivo da FIFA, de aumentar o número de equipas participantes em fases finais do campeonato do mundo?  

Penso que com mais países no campeonato do mundo, a competição será mais longa. Por outro lado, dará a mais países, que normalmente não têm oportunidade de estar na prova, a oportunidade de jogar ao alto nível. Para campeonatos longos como o inglês, terão que sofrer alguns cortes porque os jogadores precisam de tempo para descanso entre as provas.

Outro tópico actual é a introdução do vídeo árbitro, o que acha desta inovação?

Pode ser uma boa discussão, mas nós temos que assistir o futebol e vivê-lo na sua essência, toda gente comete erros, alguns mais graves, acho que o tecnologia do golo na linha é importante porque permite ter o resultado e decisão certa. Mas não precisamos de ter muita tecnologia no futebol.

Essas inovações podem reduzir a qualidade do espetáculo dentro das quatro linhas?

Muita tecnologia provavelmente reduza a qualidade do espetáculo.

Jogou com nomes como Ronaldinho, Deco, Figo, entre outros atletas de topo. Actualmente temos dois jogadores que disputam tudo entre si. Quem para si é o melhor, Messi ou CR7?

Quem é o melhor? É uma pergunta difícil porque os dois jogam muito bem. Mas acho que a diferença está no talento natural de Messi, enquanto o CR7 é uma máquina de marcar golos. Com certeza, tem talento, mas trabalha mais para estar no nível em que se encontra. Tenho imenso respeito pelos dois, e como tal dificuldades em dizer quem é o melhor, mas ao fim do dia penderia mais para o Messi.

Quer partilhar connosco algum momento seu no Barcelona que ficou gravado na memória?

Com certeza, todos os jogos da Liga dos Campeões. Joguei seis anos pelo Barcelona e foram os melhores anos fora do meu país de origem, a Holanda. Barcelona é o clube que está no meu coração. Jogar em Camp Nou com toda aquela audiência é fantástico!

Recentemente esteve no PSG como director desportivo. O clube está a crescer rápido, julga que num futuro breve poderá vencer a Champions, olhando para o volume de investimentos que tem realizado?

Quando os novos proprietários chegaram, fizeram muitas mudanças positivas. Se olhar para a equipa hoje, vê que têm grandes jogadores, e que podem absolutamente vencer a liga dos campeões. É uma grande oportunidade de alcançarem o que eles perseguem.

Em que medida as lendas do Barcelona podem ajudar o futebol moçambicano a evoluir mais?

É uma grande oportunidade para os mais novos verem o sonho se materializar. No futuro esperamos desenvolver actividades concretas com os jovens de Moçambique. Temos um grande apoio do presidente Nyusi nesse sentido.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos