O País – A verdade como notícia

Moçambique deverá crescer abaixo de 4% até 2020

O relatório das Nações Unidas sobre a Situação Mundial e Perspetivas Económicas (WESP) considera que o incumprimento financeiro e tensões políticas limitam o investimento em Moçambique, com o país a crescer abaixo de 4 por cento até 2020.

"O investimento em Moçambique está a ser limitado pelo incumprimento financeiro, em Janeiro, e pelo alto nível de dívida", lê-se no relatório divulgado segunda-feira  em Nova Iorque.

"O crescimento em Moçambique vai também ser travado pelas tensões políticas", acrescenta o documento, que antevê uma expansão económica de 4,1 por cento este ano e uma diminuição para 3,8 por cento e 3,9 por cento em 2018 e 2019, respectivamente.

O relatório elaborado pelo departamento de Assuntos Económicos e Sociais da ONU, a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) e as cinco comissões regionais prevê uma redução da inflação, de quase 20% no ano passado para 7% este ano, 6% em 2018 e 6,5% no ano seguinte.

"A perspetiva de evolução para África permanece sujeita a vários riscos" internos e externos, nota o documento lançado em Nova Iorque, nomeadamente na vertente financeira.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos