O País – A verdade como notícia

Moçambique busca por experiências da Índia no aperfeiçoamento das TIC

Moçambique quer da Índia experiências com vista a aprimorar o sector das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC’s). O alto comissariado da Índia organizou hoje em Maputo um encontro virtual com cerca de 50 empresas, de modo a permitir a cooperação

O Governo moçambicano através do Ministério da Ciência Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional (MCTESTP) pediu à Índia o apoio para o aprofundamento das TIC’s, uma área que tem merecido atenção especial desde a eclosão do Coronavírus. A Índia não resistiu ao pedido e convidou o seu empresariado a transmitir a experiência para Moçambique. Mas como a COVID-19 impede grandes reuniões em espaço físico, o virtual foi a alternativa.

“O Governo de Moçambique está a enfrentar um problema na área da educação, nos diversos níveis de ensino, com destaque para o superior. Por isso, através deste webinar, pretendemos encontrar algumas soluções”, disse Rajeev Kumar, Alto-comissário da Índia em Moçambique.

Os dois países já têm registadas empresas que manifestaram o interesse em aprender uma das outras, e ascendem cinco dezenas.

“Temos inscrições através da Associação Moçambicana de Profissionais e Empresas de Tecnologias. Conforme dados, até ao momento há 25 empresas moçambicanas e igual número do lado indiano”, revelou o diplomata indiano, tendo frisado ainda que as inscrições decorriam e o número podia ter ultrapassado.

A EXI, uma empresa moçambicana que trabalha com sistemas informáticos, confessou ao “O País” durante o encontro virtual com empresários chineses, que “verificar formas que alavanquem a indústria moçambicana de softawares” era o maior desejo com a troca de experiência.

“A Índia está no grau de maturidade e temos muito que aprender com eles”, destacou Hikesh Hasmukh, director-geral da EXI”, realçando também que “é bom verificar os mercados que o país asiático tem”.

O encontro virtual teve ontem lugar em Maputo, e presencialmente participaram algumas entidades do Alto Comissariado da Índia em Moçambique, com destaque para o comissario; bem como quadros do MCTESTP e alguns empresários moçambicanos.

Refira-se que em Moçambique a Índia tem apoiado o Parque Nacional de Tecnologias da Maluana.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos