O País – A verdade como notícia

Moçambique bate recorde de 20 óbitos por COVID-19      

Mais 20 pessoas, todas de nacionalidade moçambicana, morreram entre sexta e este domingo, segundo dados do Ministério da Saúde (MISAU). É o maior número de mortes já anunciado em 24 horas, o primeiro foi 18.

Trata-se de 12 homens e oito mulheres, com idades que variam entre 38 e 76 anos. Neste momento, o país tem 982 óbitos causados pelo vírus.

Além dos óbitos, há, ainda, 269 moçambicanos, um estrangeiro e 663 indivíduos de nacionalidade desconhecida infectados. Todos os casos resultaram de transmissão local, segundo fez saber o MISAU, num comunicado de imprensa.

Maior parte dos contágios ocorreu na cidade de Maputo (528), seguida pela província de Tete (118). Nas últimas 24 horas, Moçambique teve uma taxa de positividade de 32.4%, sendo que a taxa de positividade acumulada é de 13.9%.

O total de casos diagnosticados desde o início da pandemia passa a ser 88.868, sendo 88.499 de transmissão local e 369 importados.

Ainda no período em causa, 74 pessoas foram internadas e outras 42 tiveram alta, contabilizando, agora, 363 pacientes em leito hospitalar devido à COVID-19.

Contudo, houve, também, casos de recuperação da COVID-19. São mais 718 indivíduos livres do vírus e que elevam o cumulativo para 73.617, correspondente a 82.8% de todos os casos.

O país tem 14.265 casos activos do novo Coronavírus.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos