O País – A verdade como notícia

Moçambique ainda sem casos da variante Omicron

Ainda não foi detectado nenhum caso da nova variante da COVID-19, Omicron no território nacional. A garantia foi dada, em comunicado de imprensa, pelo Ministério da Saúde (MISAU).

Trata-se de uma variante cuja evidência científica referente às características funcionais da mesma, bem como conhecimento sobre a sua associação a formas graves da doença continua ainda desconhecido, segundo refere o MISAU.

“O nosso país já está a reforçar as medidas de prevenção e controlo da COVID-19, nomeadamente: a vigilância sanitária, sobretudo nos postos fronteiriços; a testagem de casos suspeitos; a continuidade do processo de vacinação e a vigilância genómica”, explica a Saúde.

Neste sentido, as autoridades de saúde falam da necessidade de se redobrar as medidas de prevenção face à nova cepa, com destaque para a lavagem frequente das mãos com água e sabão ou desinfecção destas com recurso ao álcool, a observação do distanciamento físico, o uso correcto da máscara e a observação da quarentena e do isolamento conforme as recomendações.

Além disso, a instituição apela, igualmente, a todos os cidadãos elegíveis a se dirigirem ao posto de vacinação mais próximo para iniciarem ou completarem a sua imunização.

 

PAÍS SEM MORTES POR COVID-19 PELO QUARTO DIA CONSECUTIVO

Pelo quarto dia consecutivo, não há ocorrência de óbitos em pacientes infectados pelo novo Coronavírus em Moçambique, mantendo o total em 1.940.

Entretanto, quatro pessoas, todas de nacionalidade moçambicana testaram positivo para o vírus nas últimas 24 horas. Os casos foram diagnosticados nas províncias de Nampula e Maputo e cidade com o mesmo nome.

As idades dos quatro infectados variam de 17 a 46 anos. São três mulheres e um homem, segundo o Ministério da Saúde

Até hoje, 151.524 já foram diagnosticadas com COVID-19 no país. Destas, 95 continuam infectadas.

“Nas últimas 24h, Moçambique não registou nenhuma alta hospitalar e nenhum novo internamento”, anunciou o MISAU, que contabiliza dois pacientes internados devido ao vírus em todo o país.

Igualmente não há registo de indivíduos recuperados do vírus. Assim, o cumulativo continua 149.485.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos