O País – A verdade como notícia

Moçambicanos buscam experiência profissional em estaleiro naval sul-coreano

Um grupo de moçambicanos está a trabalhar e a estagiar num dos maiores estaleiros navais do mundo, na Coreia do Sul. Trata-se de jovens recém-formados e outros já com alguma experiência no mercado de trabalho.

Têm formação em engenharia e estão na Coreia do Sul na indústria naval pertencente à Samsung Heavy Industries que está a produzir a plataforma flutuante que vai viabilizar a primeira produção de Gás Natural Liquefeito na Bacia do
Rovuma, província de Cabo Delgado.

“Será uma boa experiência a nível profissional para cada um de nós. Estamos a aprender a trabalhar em equipa e este é um dos valores que vamos poder levar para Moçambique”, disse Vânia Coutinho, estagiária do estaleiro naval da Samsung.
Além do conhecimento teórico, os jovens têm a oportunidade de acompanhar o processo de construção da primeira plataforma flutuante que vai ser instalada na Bacia do Rovuma.

“Estamos aqui a quatro meses e faltam dois meses para terminarmos o nosso estágio. Estamos a aprender muita coisa e a aprender a parte prática consoante cada módulo que estamos a estudar”, referiu Helena Buana, estagiária do estaleiro naval da Samsung.

Por seu turno, Adérito Sacama, também estagiário, disse que “maior parte das coisas que aprendi aqui tem a ver com o projecto (de construção da plataforma flutuante). Está a ser uma mais-valia para mim. Há muita coisa nova que aprendi e irei levar a Moçambique”.

Após o estágio, os jovens acreditam que vão ajudar a desenvolver seu país. Encontramos ainda no estaleiro, o jovem moçambicano Liudimil Portugal, que trabalha como engenheiro eléctrico na plataforma vindo da Empresa Nacional de Hidrocarbonetos. E conta-nos sua experiência.

“O trabalho em si é desafiante. Todos os dias são coisas novas a aprender, é sempre uma nova coisa a fazer. Minha expectativa é que concluamos o projecto com sucesso e levemos para casa e acima de tudo fica o aprendizado”, disse Liudimil Portugal, engenheiro eléctrico na Samsung.

Liudimil Portugal é único moçambicano a trabalhar efectivamente na construção da plataforma flutuante, desde que arrancou e tem para a frente, mais dois anos neste projecto, aqui na Coreia.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos