O País – A verdade como notícia

MITADER intensifica reflorestamento na cidade da Beira

O Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural está a levar a cabo um projecto de reflorestamento da Beira com vista a minimizar os efeitos negativos dos desastres naturais.

O ciclone Idai e as inundações que assolaram a zona centro do país, com maior enfoque na cidade da Beira, são uma consequência directa das mudanças climáticas.

Depois intempérie que deixou rasto de destruição e mortes, é momento de pensar numa reconstrução mais resiliente a esses eventos. Assim, o Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural está a desenvolver uma acção para a reposição da floresta destruída, sobretudo na cidade da Beira.

Apesar de já estar em curso, o Director-nacional adjunto de florestas  revelou que o Governo tem um défice de cerca de 50 milhões de dólares para fazer face às mudanças climáticas.

Por sua vez, a líder da Global Forest Observations Initiative disse que a organização está atenta ao que está a acontecer na Beira e recomenda a preservação do mangal e florestas, como uma formas de prevenir que fenómenos extremos da natureza voltem a acontecer.

Estas declarações foram feitas nesta terça-feira, em Maputo, na Conferência sobre a gestão de florestas e mudanças climáticas que contou com a presença de quadros do Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural, organizações da sociedade civil provenientes da Espanha, França e Noruega.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos