O País – A verdade como notícia

Missão técnica do FMI chega a Maputo próxima semana

Corpo técnico do Fundo Monetário Internacional chega a capital moçambicana, Maputo, na próxima semana. Os recentes desenvolvimentos em torno das “dívidas ocultas” poderão estar na agenda do FMI.

Com os sinais de responsabilização à vista no maior escândalo da dívida pública moçambicana, que já levou à detenção de vários suspeitos envolvidos no esquema, com o ex-ministro das Finanças, Manuel Chang, como principal rosto desta operação, nos próximos sete dias espera-se alguma novidade do Fundo Monetário Internacional-FMI acerca do caso.
 
Esta instituição financeira internacional sempre defendeu a responsabilização dos actores envolvidos nos controversos empréstimos de três empresas públicas no valor de mais de dois biliões de dólares, avalizados pelo Estado à revelia do Parlamento.
 
Para além do mediático caso das “dívidas ocultas”, farão parte da agenda do corpo técnico do FMI, a actualidade macroeconómica de Moçambique e perspectivas de curto, médio e longo prazo.
 
Recorde-se que a anterior missão técnica do Fundo Monetário Internacional foi em Novembro de 2018.
 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos