O País – A verdade como notícia

Ministro Nivagara quer gestão equitativa de bolsas de estudo

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Daniel Nivagara, apelou, ontem, aos gestores de bolsas de estudos para estabelecerem um sistema de gestão integrado, profissional e equitativo das oportunidades que existirem e envolverem as autoridades locais e as instituições de ensino no processo de selecção.

Falando na abertura da Reunião Nacional de Bolsas de Estudos, que hoje terminou, em Maputo, o ministro destacou a necessidade de reflectir sobre os melhores mecanismos de divulgação ao nível nacional, das oportunidades de bolsas de estudos e harmonizar o processo de planificação de oferta para o ano em curso.

Por sua vez, a directora-geral do Instituto de Bolsas de Estudo (IBE), Carla Caomba, deixou o compromisso de maior aposta na promoção, expansão e o acesso equitativo das oportunidades.

“Considerando que o IBE é uma instituição pública de âmbito nacional com a missão de assegurar a atribuição, coordenação integrada de bolsas de estudo para formação académica e profissional, dentro e fora do país. A nossa visão é promover a formação de quadros moçambicanos de qualidade, atraindo jovens com elevada capacidade e sentido de responsabilidade e de intervenção comprometida com o desenvolvimento de Moçambique”, salientou Carla Caomba.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos