O País – A verdade como notícia

Ministro dos Transportes promete relatório sobre o acidente na Manhiça em duas semanas

O Ministro dos Transportes e Comunicações garante que em duas semanas estará concluído o relatório sobre as causas do acidente na Manhiça, na província de Maputo, que fez dezenas de mortos e feridos, na noite deste sábado.

“Esta transportadora foi suspensa em 2017 e voltou a trabalhar, porque reuniu os requisitos para retoma. Agora, vamos fazer um trabalho de apuramento das causas do acidente e, se se provar que a responsabilidade é da transportadora, será suspensa. A nossa comissão também vai garantir que tudo que for da responsabilidade do Estado seja devidamente assumido. Este é um trabalho multissectorial e as equipas estão a trabalhar. Acreditamos que em duas semanas teremos resultados mais concisos. Mas enquanto isso essa companhia vai continuar a trabalhar”, disse Abdulai.

Entretanto, devido a frequência com que acontecem acidentes de viação na Estrada Nacional Número 01, o governante promete medidas para reforçar a segurança da via.

“Há necessidade de alargar a Estrada Nacional número 1, por causa do fluxo de viaturas. Este é um projecto que está a ser avaliado pelo Governo e na devida altura será implementado”, fez saber Abdulai.

Esta não foi a primeira vez que um autocarro da transportadora Nhacale provocou luto. Em 2017, depois de um acidente que matou 12 pessoas na província de Inhambane foi suspensa.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos