O País – A verdade como notícia

Ministro da Saúde testa positivo para COVID-19

Armindo Tiago, ministro da Saúde, revelou esta terça-feira que está infectado pela COVID-19, mas assegura que não está doente e encontra-se “física e mentalmente bem”.

“Venho revelar publicamente que o meu teste da COVID-19 resultou positivo. Não tenho sintomas, encontro-me física e mentalmente bem. Estou infectado, mas não doente. O teste foi realizado na manhã de ontem, 12 de Outubro, como rotina de preparação para uma viagem ao exterior”, revelou o governante.

Em comunicado enviado ao “O País”, Armindo Tiago diz que em função do trabalho que realiza e do “risco subjacente”, tem realizado testes regulares, o último dos quais na semana finda, que acusou negativo.
“Na arte e ciência da medicina o resultado do teste podia ser apenas do meu conhecimento. Contudo, sendo Ministro da Saúde entendo que posso transformar esta situação num momento de aprendizagem para mim e para os outros”, afirma o ministro.

Na mesma mensagem, Armindo Tiago refere que “muitos de nós terão este vírus em algum momento da sua vida. Ninguém neste mundo pode dizer que está imune ao novo Coronavírus. O que podemos fazer é abraçar com mais vigor a luta para proteger e cuidar das pessoas que connosco vivem e trabalham”.

“Em cumprimento do protocolo sanitário emanado” pelo Ministério da Saúde, “estou em isolamento domiciliar. Neste momento, decorrente do resultado acima, recomendo a todos aqueles que tiveram contacto comigo que realizem o teste para os devidos efeitos”.

“Já foram realizados testes para familiares e colaboradores do Ministério da Saúde, que tenham por ventura estado em contacto comigo. Partilho esta informação como forma de exortar aos compatriotas para a necessidade de reforçar as medidas de prevenção da COVID-19, para o bem da nação moçambicana”, acrescenta Armindo Tiago.

O governante diz que reconhece o esforço e o sacrifício que os moçambicanos já fizeram para enfrentar a COVID-19. Contudo, “ainda temos batalhas a vencer. E vamos vencê-las usando a ciência, a consciência cívica e a solidariedade que nos caracterizam como moçambicanos. Num gesto de amor, proteja-se e proteja ao próximo”, escreve o ministro.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos