O País – A verdade como notícia

Ministro colombiano demite-se depois de ser acusado de ocultar morte de menores

O ministro da defesa colombiano, Guillermo Botero, apresentou sua carta de demissão depois de ter sido acusado de ocultar a morte de oito menores numa operação militar.

Na carta enviada ao Presidente da Colômbia, Ivan Duque, Guillermo Botero afirmou que as actuais "circunstâncias políticas" o obrigaram a apresentar a demissão, lembrando ainda os êxitos alcançados no combate ao crime.
                                                 
Na terça-feira, durante um debate de uma moção de censura contra Botero, o senador do Partido da Unidade Nacional Roy Barreras acusou o responsável de ter ocultado uma operação militar durante a qual "crianças foram bombardeadas".

"Estou convencido de que o ministro ocultou informações não apenas dos colombianos, mas do Presidente", declarou o senador Roy Barreras.

Botero era já alvo de críticas crescentes devido aos vários incidentes na campanha do Governo contra grupos armados dissidentes.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos