O País – A verdade como notícia

Ministra do Interior apresentada à corporação

Foto: O País

A recém-nomeada Ministra do Interior, Arsénia Massingue, foi hoje apresentada à corporação. Massingue, que sabe dos desafios do país em matéria de segurança, quer prontidão e entrega da Polícia no combate ao terrorismo, ao crime organizado, aos acidentes de viação e demais ocorrências criminais.

 Foi por volta das 9h da manhã desta quarta-feira, que a Ministra do Interior chegou ao quartel da unidade de intervenção rápida (UIR) para de seguida ter recepção de honra pelo Comandante-geral da PRM e outros altos funcionários do Ministério do Interior e depois passar em revista da guarda de honra.

Sendo conhecedora da casa, dirigiu-se à parada policial com lição estudada e exige resultados no combate aos vários  crimes que assolam a sociedade, com destaque para o terrorismo, os raptos entre outros.

“Estamos cientes dos grandes desafios que o nosso país enfrenta, mormente a consolidação da reforma legal, a modernização dos serviços, meios e infraestruturas, a profissionalização e especialização do pessoal, o aprimoramento e combate ao crime organizado e transnacional. É nosso compromisso não medir esforços e garantir a máxima prontidão para que os fenómenos que atentam negativamente a nossa sociedade não perdurem. E, igualmente, é nosso dever inverter a situação em prol da ordem, segurança e tranquilidade públicas e da soberania nacional”, disse Arsénia Massingue.

Face ao desafio lançado pela Ministra do Interior coube ao Comandante-geral da PRM, Bernardino Rafael, reagir garantindo que a força estava à disposição para actuar no combate à criminalidade e outros males que assolam a nossa sociedade.

“Sua Excelência Ministra do Interior, nós estamos às ordens em tudo o que poderá nos dar como instruções e, como regra de trabalho, comprometemo-nos a cumprir sem pré-condição”, concluiu o Comandante-geral.

Com o aproximar da quadra festiva , a Ministra do Interior instruiu o Comando-geral da PRM a levar a cabo o plano operativo da quadra festiva. “A quadra festiva avizinha-se e com ela a movimentação anormal de pessoas e seus bens. É nosso dever garantir um ambiente tranquilo em todo território nacional, pelo que, insto o Comando-geral da PRM, em coordenação com áreas afins, a prosseguir com acções para implementação de um plano operativo específico de protecção da quadra festiva”.

Na parada decorrida no recinto do quartel da Unidade de Intervenção Rápida em Maputo, houve espaço para a saudação da nomeação da primeira mulher para o cargo de Ministra do Interior.

Refira-se que são áreas do Ministério do Interior, a Polícia da República de Moçambique (PRM), a Direcção Nacional de Identificação Civil (DNIC), o serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC), o Serviço Nacional de Migração (SENAMI), o Serviço Nacional de Salvação Pública (SENASAP) e o Instituto Nacional do Refugiado (INAR).

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos