O País – A verdade como notícia

Ministério vai recorrer para aumentar pena de Lula

Lula da Silva foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a nove anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Os procuradores chamaram a decisão de "respeitável", mas afirmaram discordar de "alguns pontos". O MPF não decidiu ainda qual pena pedirá para ser aplicada ao ex-presidente, escreve o Globo.

De acordo com a nota, o processo "permitiu amplas possibilidades para a defesa". Os procuradores criticam ainda a actuação da defesa de Lula, que teria realizado "constantes ataques" contra o juiz Sérgio Moro.

A defesa já indicou que irá recorrer da decisão, permitindo que o ex-Presidente brasileiro fique em liberdade até se conhecer a decisão do recurso. Avançou a Agência Brasileira.

Após a divulgação da sentença, a defesa do ex-Presidente afirmou que Lula é "inocente" e classificou a condenação como uma "decisão política".

Segundo a Organização Não Governamental (ONG) Transparency Internacional, a condenação do Presidente brasileiro Lula da Silva é um sinal de que o Estado de Direito está a funcionar no Brasil. Esta é a primeira vez na história do Brasil que um antigo presidente é condenado.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos