O País – A verdade como notícia

Mineiros reclamam demora no pagamento de salários

Pouco mais de 200 mineiros estão indignados com a direcção da TEBA, entidade que faz pagamentos em Moçambique, dos descontos feitos nos salários dos mineiros na África do Sul. O grupo de trabalhadores reclama devido à demora no pagamento.

Os mineiros juntaram-se, ontem, defronte às instalações da TEBA, em Maputo, com a esperança de receberem os descontos feitos aos seus salários durante o trabalho nas minas, na vizinha África do Sul. Alguns revelaram estar, há mais de uma semana, à procura de receber o seu dinheiro.

O representante do TEBA, José Bunzula garantiu aos mineiros que seriam pagos dentro de pouco tempo. Por seu turno, o Ministério do Trabalho, através da Directora Nacional do Trabalho Migratório, disse tratar-se de falta de comunicação entre a TEBA e os mineiros.

Os mineiros moçambicanos na África do Sul descontam 60 por cento do seu salário, na sequência de um acordo entre os governos dos dois países, na década 60. Por se tratar de um acordo assinado no tempo colonial, o governo moçambicano tem vindo a procurar formas mais seguras de fazer o pagamento aos mineiros moçambicanos na Africa do Sul, por via bancaria.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos