O País – A verdade como notícia

MINEDH vai aplicar mais de 200 milhões de meticais para alocação de carteiras

O sector da educação vai alocar 40 mil carteiras, este ano, em todas as escolas do país. A informação foi avançada pela ministra da Educação e Desenvolvimento Humano, Carmelita Namashulua, no âmbito da visita de trabalho à província central da Zambézia.

Estima-se que pouco mais de um milhão de alunos, à escala nacional, sentam-se no chão para aprender a ler e escrever nas escolas. Este ano, o sector da educação poderá aplicar pouco mais de 200 milhões de meticais para a aquisição das carteiras.

A ministra da Educação e Desenvolvimento Humano trabalhou, esta quarta-feira, nos distritos de Mocuba e Lugela, para se inteirar das condições em que as crianças estudam, neste momento.

Em Mocuba, Namashulua visitou a Escola Primária de Marmanelo e foi confrontada com carcaças de carteiras amontoadas no recinto daquela instituição de ensino desde 2018. Não gostou do que viu e questionou o porquê da situação aos gestores. A governante decidiu pela sua remoção para o respectivo recondicionamento.

“Temos estado a constatar a situação de carcaças de carteiras ao ar livre um pouco por muitas escolas do país e isso não é pacífico, pois revela o desleixo em termos de conservação. Precisamos de melhorar esta situação”, disse a ministra, afirmando que o sector pondera a revitalização das carpintarias provinciais ligadas às direcções provinciais  de educação, para a manutenção dos mobiliários escolares.

O país conta com 8 milhões de alunos distribuídos em mais de 13 mil escolas primárias e 618 secundárias.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos