O País – A verdade como notícia

MINEC confirma sequestro de empresário moçambicano na Ucrânia

O Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação confirma o sequestro de um cidadão moçambicano na Ucrânia, ocorrido na última segunda-feira. Entretanto, ainda não se sabe sobre o paradeiro da vítima.

Chama-se Álvaro Cossa. É um empresário moçambicano bem estabelecido na Ucrânia, onde vive há mais de 30 anos. Participou, recentemente, no programa Noite Informativa da STV Notícias, comentando sobre a guerra entre a Rússia e o país onde reside.

“O Ocidente tem uma grande culpa, pois deixou o conflito alastrar-se durante oito anos. Deviam ter resolvido diplomaticamente e de uma ou de outra forma teriam resolvido, mas, agora, já é muito tarde. Verifica-se um ataque total e não existe alguém que possa explicar o que Putin tem na cabeça”, afirmou Álvaro Cossa, durante o programa Noite Informativa, do dia 24 de Fevereiro passado.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação confirma o sequestro de Álvaro Cossa. Fonte da instituição informou ao jornal “O País” que desconhecidos, encapuzados, invadiram a residência do moçambicano na capital da Ucrânia, Kiev, tendo levado a si e deixado a sua esposa ucraniana.

O órgão, que representa a diplomacia moçambicana, garante que efectuou contacto com a Embaixada de Moçambique na Rússia, que representa também o país na Ucrânia, com o objectivo de saber do paradeiro da vítima, assim como as causas.

Os supostos sequestradores ainda não estabeleceram contacto com a família, nem com as autoridades.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos