O País – A verdade como notícia

Mexicanos vão a referendo para saber se ex-Presidentes podem ser criminalizados por corrupção

Cerca de 93 milhões de votantes mexicanos estão inscritos para participar amanhã, domingo, num referendo que determinará se os antigos políticos do país, nomeadamente os seus ex-Presidentes, podem ou não ser processados por corrupção e outros crimes.

O Presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, promoveu um referendo, o primeiro na história do país sob a Lei Federal de Consulta Popular, para questionar o eleitorado sobre os seus antecessores, num período em que o Chefe de Estado se intitulou de neoliberal, escreve o Notícias ao Minuto.

No referendo, perguntar-se-á aos mexicanos se concordam com a realização de “acções de acordo com o marco constitucional e legal para levar a cabo um processo de esclarecimento das decisões políticas tomadas nos últimos anos pelos actores políticos”.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos