O País – A verdade como notícia

Mexer marca na conquista da Taça da França

O internacional moçambicano Mexer conquistou, ontem, a Taça da França de futebol, seu primeiro no Rennes, ao vencer o PSG por seis bolas a cinco, no desempate por grandes penalidades, após o empate a duas bolas verificado no tempo regulamentar e no prolongamento.

O PSG esteve a vencer por 2-0, com golos brasileiros de Dani Alves e Neymar, mas permitiu o empate com um autogolo de Kimpembe e um golo do moçambicano Mexer, que já representou o Sporting, Olhanense e Nacional em Portugal.

Dani Alves, com um pontapé de primeira na sequência de um canto cobrado pelo compatriota Neymar, deu a vantagem ao PSG aos 13 minutos.

Na sequência de um contra-ataque letal construído por Dani Alves, Mbappé e o argentino Di Maria, autor do último passe, o brasileiro Neymar aumentou para 2-0, aos 22 minutos.

Aos 40 minutos a formação do internacional moçambicano Mexer reduziu a desvantagem com um auto-golo de Kimpembe.

Na segunda parte, o Rennes chegou ao empate por intermédio de Mexer, com um desvio de cabeça na pequena área, na sequência de um pontapé de canto, que teve o condão de baralhar as contas e empurrar o encontro para o inesperado prolongamento.

A decisão da Taça de França arrastou-se para a marcação de grandes penalidades e nesse capítulo a eficácia do Rennes, que converteu todos os pontapés, foi irrepreensível.

Depois de cinco penáltis convertidos, o PSG falhou o sexto, por Christopher Nkunku, o que deu o triunfo na Taça de França ao Rennes, primeiro do moçambicano Mexer. Com esta conquista, Rennes quebra um jejum de 48 anos.

 

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos