O País – A verdade como notícia

Mesquita promete pagamento na ETM, mas diz que trabalhadores serão despedidos

O ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, reagiu, ainda ontem, à situação dos trabalhadores suspensos da Empresa Municipal de Transportes Públicos da Matola (ETM). “Era preciso que os trabalhadores fossem afastados, porque eram muitos para o número de autocarros.

A empresa vai deixar de assumir as suas responsabilidades dentro daquilo que eram os contratos de trabalho com certos trabalhadores”. Devido à avaria de alguns autocarros, aliada à falta de condições de manutenção da frota, a ETM cortou, nos últimos três anos, quase metade da sua força de trabalho.

 A empresa conta, actualmente, com 25 autocarros operacionais, um número muito abaixo das necessidades do município da Matola.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos