O País – A verdade como notícia

Mesquita diz que Fastjet deve apostar na segurança 

“A LAM que se reinvente para concorrer com dignidade nas rotas domésticas”, diz o ministro dos Transportes e Comunicações, após viajar na Fastjet, o novo operador que desde, ontem, explora as rotas domésticas em concorrência com a companhia de bandeira. 

Carlos Mesquita testou a segurança da nova companhia aérea levando a família no voo inaugural. Viajou seguro de Maputo à Beira, mas nem por isso deixou de dar recomendações ao novo operador: não basta voar, é preciso agregar valor nos seus serviços. E um dos valores é a segurança, um requisito que deve estar em primeiro lugar, pois “não se negoceia”.

O novo operador nas rotas nacionais, Fastjet, é uma companhia oriunda do Reino Unido, mas vem operando no continente africano já há anos, nomeadamente na África do Sul, Zimbabué e Zâmbia.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos