O País – A verdade como notícia

Mercado Xipamanine com mais 960 novas bancas

Dezoito meses depois do início da requalificação da venda informal, na cidade de Maputo, o mercado municipal de Xipamanine conta com 960 novas bancas que vão ser entregues, na próxima segunda-feira, a igual número de vendedores informais que, neste momento, exercem actividades em condições precárias.

Xipamanine é o maior mercado retalhista da cidade de Maputo, e é lá onde Belinha Samuel vende frutas há dois anos. Belinha esteve primeiro no passeio de onde foi retirada e fixou-se mesmo num dos cantinhos da parte anexa ao mercado. Ela espera sair para as novas bancas, mas receia que não tenha clientela. “A fruta não pode estar lá dentro porque as pessoas não entraram no mercado, se possível deixavam-nos aqui fora, pois as frutas deterioram-se com facilidade”.

É uma autêntica azáfama que se regista por estes dias no Xipamanine, onde vende-se um pouco de tudo, desde roupa usada incluindo produtos de pronto consumo colocados e comercializados no chão sem mínimas condições de higiene ou protecção. E, para melhorar esta situação foram edificadas mais de 900 bancas para beneficiar os vendedores.

Alima Isabel é uma das beneficiárias, já foi alistada e só espera pelo momento para se instalar na nova banca. “Sinto-me bastante lisonjeada por saber que vou ter uma banca, saúdo o chefe da comissão de vendedores e que este projecto não seja só para Xipamanine, que chegue a outros mercados, disse a vendedeira”.

“As bancas feitas de material misto estão prontas sim, mas há questões essenciais para o normal funcionamento do mercado que ainda não estão prontas. Estamos minimamente organizados, temos iluminação pública, temos a segurança, esperamos um empreiteiro para erguer um sanitário condigno”, disse Efraime Manhique, chefe da Comissão de Vendedores.

O Município de Maputo agendou para próxima segunda-feira a entrega das referidas bancas e espera-se, também, que a partir dessa data ninguém exerça mais a actividade comercial no chão, no passeio ou muro de vedação naquele mercado.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos