O País – A verdade como notícia

Mercado do Zimpeto reabre para o comércio

Depois do adiamento na reabertura do mercado grossista do Zimpeto, reabriu esta sexta-feira, o mercado conforme o anúncio feito pelo edil de Maputo Eneas Comiche. Entretanto operadores continuavam a desenvolver a actividade no campo de futebol. O que deixou dúvidas para alguns vendedores e operadores.
Logo pela manhã os portões do mercado estavam ainda trancados. Sem camiões tanto dentro e fora, até ao meio dia desta sexta-feira decorriam trabalhos de limpeza e ainda a demarcação dos espaços no interior do mercado grossista do Zimpeto.

Cenário que fez com que houvesse dúvidas no seio dos vendedores e operadores quanto a reabertura do mercado. Uma das vendedeiras estava ainda a organizar o seu “stand de venda” o que segundo suas palavras enquanto decorrer a limpeza não há condições para o exercício da actividade comercial.

“Hoje não talvez amanha. Hoje não há condições para abrir o mercado estamos ainda a fazer a limpeza”, disse a vendedeira que no meio de sacos de milho tentava sacudir a poeira e remover resíduos sólidos do interior do local onde exerce a actividade comercial.

E os operadores no Interior do mercado concentravam-se em grupos porque alegadamente querem operar nos locais demarcados sem alternar com outros, mantendo-os como espaços cativos. E o Município diz que tal reivindicação não será atendida, esclarecendo que deve haver rotatividade nos espaços.

O que quer dizer em outras palavras que quem entra com camião contendo produtos para a venda, assim que concluir sai e cede espaço a outro vendedor. Enquanto isso muito dos operadores continuavam a vender no campo de futebol local. E a chefe da comissão de vendedores, Mónica Uamusse explica as razões da permanência dos colegas fora do mercado.

“Nós também ficamos a espera dos operadores logo as 4horas da manhã, só que eles ao invés de virem para cá, foram directamente ao local onde estão a exercer a actividade há dois dias e pediram mais um tempo para concluir as vendas porque não podiam abandonar os clientes”.

O Município de Maputo, através do Director de Mercados, Emídio Fabião diz estarem criadas as condições para o exercício das actividades. “O Mercado de Zimpeto está reaberto. Todo o operador quando entrar o seu camião vai ser cadastrado, para além do cadastramento como vê já há sinalização dos espaços onde vão colocar seus produtos. Também a informação que deixamos aqui com os operadores é que o mercado deve ser grossista”.

E do lado mercado anexo cerca de 2500 vendedores continuavam a espera de atribuição de espaços para instalação das bancas. Em filas longas e aglomerados não se observavam medidas de prevenção contra a COVID-19.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos