O País – A verdade como notícia

Menina de dez anos grávida não vai poder abortar

O Supremo Tribunal da Índia decretou, esta quinta-feira, que uma rapariga de dez anos que engravidou depois de, alegadamente, ter sido violado pelo seu tio, durante vários meses, não vai poder abortar, avançou o Noticias ao Minuto.

Na Índia, o aborto é proibido a partir das 20 semanas de gravidez, a não ser que relatórios médicos deem indicações em contrário, ou confirmem que a vida da mãe possa estar em risco.

O motivo invocado pelo tribunal prende-se com o facto de a gravidez já estar demasiado avançada, pelo que seria “demasiado arriscado” para a rapariga.

A gravidez da menina de dez anos foi descoberta há duas semanas, depois de esta ter-se queixado de dores no estômago aos seus pais, que a levaram de imediato para o hospital.

Foi pedido a vários médicos que avaliassem o caso da rapariga, para apurar do ponto de vista clínico, se a menina corre ou não perigo de vida.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos