O País – A verdade como notícia

Membros do Conselho Autárquico de Maputo capacitados em liderança e boa governação

Os vereadores e directores do Conselho Autárquico de Maputo participam, desde hoje, de uma capacitação em matérias de liderança e governação municipal. O Presidente da autarquia diz que esta medida visa colocar os vereadores alinhados com os objectivos do plano quinquenal e os anseios dos munícipes.

A capacitação é monitorada por professores sul-africanos da Westminster Foundation for Democracy e abrange 17 vereadores, sete directores e quadros de apoio directo ao presidente do Conselho Autárquico de Maputo.

Eneas Comiche espera que este encontro sirva para reforçar a capacidade de trabalho no terreno, dos gestores da autarquia, articulando a sensibilidade política com a técnica.

“Vamos, efectivamente, nos capacitarmos, todos nós para podermos irmos já na implementação do nosso plano de desenvolvimento municipal, tendo todos um pensamento comum, mas também percebendo o que cada um deve dar, no sentido de fazermos boa gestão autárquica durante os próximos cinco anos”, afirmou Eneas Comiche, presidente do Conselho Autárquico de Maputo.  

Para o professor que está liderar a capacitação, a mesma vai tomar como base os desafios enfrentados pelos munícipes de Maputo.

“Os líderes do municípios serão capazes de direcionar e ter a certeza de que os serviços estão a ser disponibilizados. Estradas estão a ser construídas, a água está sendo disponibilizada. Enfim, que todos esses serviços estão a ser implantados porque há um melhor entendimento entre a liderança e o executivo”, explicou Trevor Fowlwe, Professor da Universidade de Witwaterand. 

Já os benificiários da formação louvam a iniciativa da edilidade e esperam receber ferramentas para lidar com desafios diários no exercício das suas funções.

“Temos consciência de que se nós fizermos tudo aquilo que está no nosso programa teremos resultados, mas se nós fizermos de forma coordenada, como um grupo, em que cada um faz a sua parte nós terenos o impacto da acção muito mais visível do que se cada um de nós fizer sozinho aquilo que é a sua actividade”, disse Alice de Abreu, Directora para área da saúde.

A capacitação dos membros autárquicos em matéria de liderança e boa governação tem a duração de três dias.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos