O País – A verdade como notícia

MDM já definiu perfil para candidatos a presidente do partido 

A Comissão Política do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), reunida no domingo, na cidade da Beira, em terceira sessão extraordinária, no âmbito dos preparativos do terceiro congresso extraordinário, definiu o perfil do candidato ao cargo de presidente, o lema do congresso e os temas que serão debatidos a nível das bases.

De acordo com a Comissão Política, os candidatos ao mais alto cargo da agremiação devem ser moçambicanos, com idade igual ou superior a 35 anos, membros do MDM há pelo menos cinco anos, cadastrados e que tenham cotas de membros pagas e actualizadas, com militância activa e reconhecida pelos membros.

Consta, também, da lista dos requisitos que os aspirantes à presidente do MDM devem apresentar um programa político obedecendo aos estatutos do partido e ter um nível de escolaridade mínimo de 12ª classe do SNE. As candidaturas deverão ser submetidas até 30 de Setembro de 2021.

De entre os temas que serão debatidos no congresso, o destaque vai para a revisão da constituição pela qual “nós queremos a separação efectiva de poderes, a independência do sistema judicial, governação descentralizada, revisão da política fiscal”, disse Virgínia Fernando, representante do MDM.

Na pauta do congresso, consta, ainda o debate sobre a política de defesa, segurança, soberania e terrorismo.

Ademais, o congresso do MDM debruçar-se-á sobre os assuntos ligados à prevenção e resolução de conflitos, paz e reconciliação efectiva, políticas de participação e desenvolvimento da juventude e da mulher, justiça e protecção social e políticas de gestão sustentável do ambiente e outros.

O lema do congresso será “Inspirado nos ideais de Daviz Simango: MDM mais forte e mais coeso”, desenhado com base no legado do fundador e primeiro presidente do partido do galo, cujo objectivo é manter a coesão dos membros.

Refira-se que, sábado passado, Silvério Ronguane, membro do MDM, apresentou, publicamente, a sua intenção de concorrer ao cargo de presidente daquela terceira maior formação política do país.

Sobre isso, Virgínia Fernando disse que “os perfis já foram aprovados, cabe agora ao companheiro Ronguane ver se ele se revê neles e submeter a sua candidatura”.

Além de Silvério Ronguane, no meio do MDM, são apontados outros três nomes como potenciais candidatos, nomeadamente: Lutero Simango, irmão de Daviz Simango, José Domingos, actual secretário-geral do MDM e Luís Boavida, antigo secretário-geral. Em relação a estes nomes, Maria Virgínia disse que “a Comissão Política não se debruçou sobre nos bastidores”.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos