O País – A verdade como notícia

Mau tempo pode continuar até domingo em Cabo Delgado e Nampula

O Instituto Nacional de Meteorologia (INAM) diz que o impacto do ciclone tropical Kenneth poderá diminuir, entretanto as chuvas e os ventos vão continuar a afectar a província de Cabo Delgado e algumas regiões de Nampula até domingo.

24 horas depois de o ciclone tropical Kenneth ter entrado na província de Cabo Delgado, com chuvas fortes e ventos até 160 quilómetros por hora, Acácio Tembe, do INAM, afirmou, esta tarde, na cidade de Maputo, que se poderá registar baixa pressões.

Ora, no segundo dia do ciclone Kenneth, em Nampula,
a província continua a registar ocorrência de chuvas moderadas a fortes, acompanhadas de ventos. Ainda não há danos, mais os distritos de Nacala Porto, Nacala-a-Velha, Memba, Mossuril, Ilha de Moçambique, Eráti, Nacarôa e Muecate estão na zona de alerta sobre alteração do estado do tempo.

De salientar que o Estado mobilizou para Cabo Delgado mais de 230 especialistas humanitários de diversas áreas, três helicópteros, 10 barcos, 15 camiões, 15 telefones satélite e três drones. A passagem do Ciclone Kenneth por Cabo Delgado deixou um rasto de destruição e desalojados em vários pontos desta província. Dados avançados pelo Instituto Nacional de Gestão de Calamidades apontam para um total de 8 671 pessoas afectadas, o correspondente a 1 736 famílias.    

Até esta tarde, tinham sido criados 35 centros de acomodação, que albergam 15 397 pessoas classificadas como salvas, na cidade de Pemba e nos distritos de Metuge, Mocímboa da Praia e Quissanga.

Em termos de infra-estruturas, há registo da destruição de oito salas de aula, o que afecta a um total de 310 alunos. Os ventos fortes danificaram, igualmente, uma unidade sanitária, além de 10 casas totalmente destruídas e 1726 casas destruídas parcialmente.

De acordo com as autoridades, o Ciclone tropical atingiu a categoria três, com ventos fortes que atingiram a casa dos 140 a 160 quilómetros por hora.

O Estado mobilizou para a província de Cabo Delgado mais de 230 especialistas humanitários de diversas áreas, três helicópteros, 10 barcos, 15 camiões, 15 telefones satélite e três drones.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos