O País – A verdade como notícia

Mau tempo causa prejuízos na província de Maputo

O mau tempo que assolou o sul do país, na última terça-feira, caracterizado por queda de granizo, chuva torrencial e ventos fortes, deixou rastos de destruição em alguns pontos da província de Maputo, sobretudo no bairro de Tchumene, município da Matola.

Em alguns moradores daquele bairro ressentem-se dos danos causados pelo mau tempo que destruiu centenas de residências.

“Caía muito granizo, de repente, desabou o tecto da sala, as crianças começaram a chorar e entraram em pânico. Entrou chuva em todos os quartos, ficamos sem saber onde dormir”, revelou Jacinto Mondlane, uma das afectadas pela tempestade.

As plantas não escaparam à fúria da natureza. A folhagem caiu na totalidade. Desde as árvores mais robustas até às mais simples, não resistiram ao evento extremo.

Mara Chivite e João Tovela são, também, residentes daquele bairro e relatam que os prejuízos são enormes e não houve registo de danos humanos.

“A chuva foi boa, mas deixou muitos prejuízos aqui no nosso bairro”, concluíram aqueles moradores.

Acácio Tembe, do Instituto Nacional de Meteorologia (INAM), diz ser um fenómeno raro para a época de inverno.

“Tínhamos uma convergência muito forte em altitude, isso fez com que nós tivéssemos uma ocorrência de trovoada e de granizo, mas não são fenómenos normais durante o mês de inverno. Contudo, as condições que tínhamos, naquele dia, já davam indicações de que teríamos alguma ocorrência de granizo. É preciso notar que o mesmo fenómeno voltou a ocorrer na província de Manica, assim como em Sofala, porque aquele sistema afectou, progressivamente, aquela região”, explicou o meteorologista.

O INAM prevê, ainda, para esta quinta-feira, a ocorrência de ventos com rajadas fortes até 70 quilómetros por hora, no continente, e 80 quilómetros por hora, no mar, que podem gerar ondas de quatro a cinco metros de altura.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos