O País – A verdade como notícia

Matrículas e exames escolares pressionam conservatórias e DNIC

Foto: O País

A procura pelas certidões de narrativa completa e registo de nascimento forçaram as conservatórias do Registo Civil da Cidade de Maputo a abolirem o sistema de rotatividade mesmo antes da comunicação do Chefe de Estado. A forte procura deve-se aos exames extraordinários da 10ª e 12ª classe e as matrículas para os novos ingressos.

“Temos registado muita afluência desde o mês passado, Setembro, e será assim até Dezembro, estamos no mês do pico”, explicou Claudia Monjane, da 1ª Primeira Conservatória de Registo Civil da Cidade de Maputo, acrescentando que “maior parte dos pedidos é de certidão narrativa completa e registo de nascimento. Para responder à demanda, tivemos que reforçar o nosso efectivo”. De alguma forma, esta procura obrigou esta instituição a abolir o sistema de rotatividade antes mesmo da comunicação do Chefe de Estado.

A pressão é também sentida nos Serviços de Identificação Civil, que, à semelhança das conservatórias, colocou os funcionários a trabalharem a cem por cento, ou seja, sem rotatividade para responder às solicitações. E teve que reforçar as brigadas móveis e o sistema de pré-marcação.

“Este é o período de pico, temos registado muita procura pelos bilhetes, em parte, devido às matrículas para os novos ingressos e aos exames extraordinários”, disse Alberto Sumbane, porta-voz da Direcção Nacional de Identificação Civil, tendo avançado depois que “percebemos que há muita procura, daqui a nada é período de exames extraordinários e lamentamos o facto de constatarmos a presença de crianças nos balcões, devem ser os pais e encarregados de educação a tratar os bilhetes e nem percebemos a razão de tantas enchentes, porque deslocamos as brigadas para os bairros e para as escolas”, concluiu Sumbana.

Nos últimos meses, os Serviços de Identificação Civil registaram seis casos de tentativa de obtenção de bilhetes de identidade de forma fraudulenta, envolvendo cidadãos de origem estrangeira.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos