O País – A verdade como notícia

Masisi diz haver condições para Moçambique e Botswana serem destinos turísticos únicos

Presidente do Botswana, Makgweetsi Masisi terminou esta sexta-feira a sua visita de Estado ao país, tendo escalado a província de Gaza e Maputo, onde conheceu de perto empreendimentos económicos e diz ter ficado bastante impressionado com o que viu.

O terceiro e último dia de visita de Estado de Makgweetsi Masisi a Moçambique iniciou com uma viagem à Vila da Macia, na província de Gaza, onde foi visitar a fábrica de processamento da castanha de cajú. E porque os residentes locais foram recebe-lo, agradeceu a recepção. “Só quero dizer obrigado por terem vindo nos ver. E é um prazer ver muita gente alegre”.

Depois escalou os diversos compartimentos da fábrica, desde o armazém da castanha em bruto, Passando pelo descasque, embalagem entre outros sectores.

No final partiu para a Praia do Bilene. Apesar da chuva que teimava em cair visitou uma das melhores instâncias turísticas desta praia, tendo percorrido alguns dos seus cantos e no final mostrou-se bastante impressionado. “É muito bom, estamos mesmo impressionados com esta vinda a Gaza, e esperamos dizer isso ao governo e vamos planear para algumas pessoas virem aqui. E as instalações que o gerente nos mostrou são verdadeiramente de classe mundial. Ficamos impressionados e vamos planear para voltar”.

Disse ainda que há condições para apresentar Moçambique e Botswana como destinos turísticos únicos nos mercados internacionais. “Nós temos a vida selvagem para mostrar, as paisagens e as pessoas podem vir aqui relaxar na água, com vista ao mar e comer mariscos, e eu queria muito mais”.

Já de regresso à capital do país, arranjou tempo para passar pelo matadouro industrial instalado na Manhiça. Aqui também percorreu seus compartimentos e apesar da larga experiência do seu país nesta indústria ficou satisfeito com o que viu. “Foi muito boa experiência e o mais importante é que têm custos muito baixos em Moçambique para engordar o que habitualmente é um pouco caro”.

Esta sexta-feira, o Chefe de Estado tswana terminou a visita de três dias e regressou a Gaberone, onde segunda-feira vai fazer o seu primeiro discurso sobre o Estado da Nação. E a visita a Moçambique vai constar do informe, segundo garantiu.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos