O País – A verdade como notícia

Maputo Sul reage às manifestações dos trabalhadores da ponte Maputo – Ka Tembe

Depois de uma manifestação de cerca de quatro mil trabalhadores que paralisaram as actividades na ponte Maputo – Ka Tembe, a Direcção da CRBC, empresa responsável pela construção da ponte, reuniu-se com os trabalhadores com vista a achar a solução para as suas inquietações.

Os pontos que opunham os dois lados dominaram mais as ondas das conversações e estes não chegaram a nenhum consenso, foi necessária a intervenção da Maputo Sul, dona obra da ponte Maputo – Ka Tembe para que as partes pudessem chegar a um consenso.

Segundo o presidente da Maputo Sul, Silva Magaia, o encontro com os trabalhadores foi produtivo uma vez que boa parte das suas preocupações foram resolvidas e assegurou que, na segunda-feira, os trabalhos voltam a normalidade.

Os trabalhadores não estão completamente satisfeitos, mas dos consensos alcançados é possível retomar as actividades na segunda-feira.

“Estamos satisfeitos a 50%, a empresa prometeu pagar pelo pré aviso de 30 dias no caso de despedimentos de funcionários que já estejam a trabalhar por mais de um ano, mas não respondeu a questão do subsídio de risco”, Afirmou Eduardo Manuel, representante dos trabalhadores.

A ponte Maputo – Ka Tembe já está na sua fase final sendo que poderá ser inaugurada numa data ainda por indicar.
 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos