O País – A verdade como notícia

Mambinhas entram a vencer na Cosafa sub-20 diante do Lesotho

Uma entrada a todos os capítulos de felicitar para Dário Monteiro e seus pupilos, no torneio regional da Cosafa, que arrancou esta quinta-feira em Port Elizabeth, na vizinha África do Sul.

A primeira vítima foi o Lesotho, na partida que marcou o arranque, com vitória moçambicana por uma bola sem resposta, com golo madrugador, aos nove minutos, marcado por Simon Cipriano, a aproveitar um mau alívio do guarda-redes contrário, após remate de fora da área de Dércio.

Um golo e uma vitória que pode ajudar a selecção nacional de sub-20 a garantir a passagem às meias-finais, num grupo onde despontam ainda a África do Sul e o Zimbabwe, grandes oponentes nas contas dos Mambinhas.

Para o jogo de estreia, Dário Monteiro foi mais ousado ao colocar uma linha toda de uma mesma equipa, a Associação Black Bulls. Foram ao todo nove jogadores, nomeadamente Kimiss (guarda-redes), Cleyd, René, José, Cipriano, Valdimiro, Dias, Dércio e Celton, que tiveram a ajuda de outros dois jogadores do Ferroviário da Beira, Alberto e Eduardo.

O seleccionador nacional dos sub-20 deixou no banco de suplentes jogadores que actuam nas camadas de formação de alguns clubes portugueses, nomeadamente o guarda-redes Raimundo, do Sporting, Gabriel, do Sartanense e Gianluca, que actua no Varzim.

E Dário Monteiro pode se gabar de ter participado no torneio Solidariedade, promovido pela Associação de Futebol da cidade de Maputo, que terminou no final de semana passado, onde os Mambinhas enfrentaram o vencedor, Ferroviário de Maputo, a Liga Desportiva de Maputo, a Black Bulls e o Matchedje, que deram muita rodagem aos jogadores que se mostraram maduros para enfrentarem o adversário desta quinta-feira.

Aliás, o resultado de magro castiga os Mambinhas que tiveram muitas outras oportunidades de marcar, nomeadamente por Valdimiro, a falhar por um triz quando frente-a-frente com o guarda-redes contrário, permitiu a intervenção deste, ainda na primeira parte.

Na segunda parte foi Cleyd a tentar o seu forte remate, pela esquerda, com a bola a passar ao lado da baliza do Lesotho.

A única jogada de perigo dos twanas foi mesmo ao apagar das luzes, num livre que obrigou Kimiss a ir ao terceiro andar para evitar o golo.

José Zavale, da Black Bulls foi eleito o melhor jogador do jogo.

Os Mambinhas voltam a entrar em cena no domingo, diante do Zimbabwe, quando forem 12h30, antes de fechar a primeira fase diante da África do Sul, na quarta-feira.

Apenas o vencedor de cada um dos três grupos se qualifica às meias-finais, mais o melhor segundo classificado.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos