O País – A verdade como notícia

Mambas vencem Malawi e mantêm sonho das “meias”

Os Mambas derrotaram o Malawi por duas bolas sem resposta em partida da terceira jornada do grupo B do torneio Cosafa, este domingo, e mantêm vivas as aspirações de qualificação às meias-finais da prova. Victor e Bonera apontaram os golos dos moçambicanos, já na segunda parte

A expectativa era enorme no seio dos Mambas, que vinham de uma derrota na jornada anterior diante do convidado Senegal e havia necessidade de vencer o Malawi para manter vivas as esperanças de qualificação. Até porque uma derrota ou mesmo empate ainda comprometia as aspirações do combinado nacional e, por isso, diante do Malawi, era o jogo mais importante desta fase da competição.

E foi com esta intenção que os Mambas entraram ao campo, mesmo com alterações feitas por Horácio Gonçalves em relação ao onze inicial que defrontou Zimbabwe e Senegal.
Desta vez, o seleccionador nacional preferiu deixar de fora Maestro e Melque da equipa base e para os seus lugares apostou em Pelembe e Victor. A estes, Ernan, Danilo, Bonera, Ciganinho, Martinho, Nilton, Candinho, Shaquile, Vitinho e Estêvão entraram de início e mais tarde Maré, Jesus, Mapangane e Macaime foram ajudar, entrando para os lugares de Vitinho (60 minutos), Estêvão (89), Candinho e Nilton, estas duas últimas substituições para lá dos 90 minutos.

 

PRIMEIRA PARTE COM ALGUMAS TREPADEIRAS DE SEMPRE 

Talvez as alterações feitas tenham transfigurado o seleccionador nacional no banco, porque em campo ao Mambas mantiam as tremedeiras de sempre e era preciso que Ernan fosse sempre chamado a salvar a honra da pátria.

Lá na frente a pontaria também continuava desafinada e os remates saíam sem direcção certa. E quando tomavam a direcção desejada, sempre havia algo que impedia os festejos, tal como no lance em que Danilo ainda introduz a bola nas malhas adversárias, mas foi encontrado em posição irregular e o golo anulado.

O Malawi parecia não constituir perigo para os Mambas, que tinham em Ernan uma das melhores unidades em campo e que mostrou merecer a confiança, não só da equipa técnica, mas também, dos moçambicanos no seu todo, afinal transmitiu sempre segurança. E o intervalo chegou sem que os golos contassem e o nulo se mantivesse.

Golos e esperança na segunda parte
Na segunda parte, apesar do Malawi ter tentado incomodar Ernan, acabou por sofrer aos 56 minutos, de grande penalidade, a castigar falta sobre Victor. O jogador da Black Bulls fez a honra e abriu o marcador.

O Malawi perdeu o norte e os Mambas aproveitaram para ampliar a vantagem por Bonera, a aproveitar sobra na bola dividida entre Danilo e guarda-redes contrário, para sentenciar a partiuda.

Moçambique continua vivo na luta pelas meias-finais, mas precisa vencer a Namíbia, na última jornada, na quarta-feira.

 

NAMÍBIA CHEGOU E JÁ LIDERA 

A selecção da Namíbia de um passo importante rumo às meias-finais do torneio sénior masculino de futebol da COSAFA, ao levar de vencida o Zimbabwe, seis vezes vencedora da competição, por 2-0, mercê de um autogolo de Jimmy Dzingai (70 minutos) e Elmo Kambindu (85), este último nova contratação do Costa do Sol, naquele que foi o segundo jogo dos namibianos e terceiro para o Zimbabwe a contar para o grupo “B”.

Com este resultado, a Namíbia passa a liderar provisoriamente o grupo com seis pontos, seguindo o Moçambique com quatro pontos, que ainda tem o último jogo por disputar. A Namíbia tem fortes possibilidades de terminar a fase de grupos em pleno, o mesmo que não se pode dizer do Zimbabwe, que tem apenas um jogo pela frente. A sua permanência na prova dependerá da conjugação dos resultados das outras equipas na última jornada e, claro da vitória no próximo desafio. Matematicamente tudo ainda é possível!

Com a segunda-feira reservada ao descanso para todas as equipas, os jogos retomam na terça-feira, com os dois grupos a entrarem em cena. O Botswana irá realizar o seu terceiro jogo medindo forças com a Zâmbia, pelas 15:00 horas, no Wolfson Stadium, reeditando a final de 2019, onde perdeu para os zambianos (1-0). Será sem dúvidas um momento para o ajuste de contas!

Enquanto isso, o Lesotho defrontará a anfitriã (África do Sul), à mesma hora, no Nelson Mandela Bay Stadium.

Malawi e Namíbia, integrantes do grupo “A”, jogam entre si às 12:00 horas, no Isaac Wolfson, enquanto o Senegal e o Zimbabwe bater-se-ão no Nelson Mandela Stadium.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos