O País – A verdade como notícia

Mambas unidos e com veneno preparado para os Djurtus

Finalmente, todos os 27 jogadores chamados por Abel Xavier subiram, pela primeira vez, ao relvado do Estádio Nacional do Zimpeto, esta quarta-feira para preparar o embate do próximo sábado, diante da Guiné-Bissau, referente a segunda jornada do grupo K de qualificação ao Campeonato Africanos das nações, CAN, que terá lugar nos Camarões, próximo ano.

Ratifo, Zainadine Júnior, Reginaldo, Geraldo, Clésio e Mexer são alguns dos internacionais que já integraram o conjunto de todos nós.

A precisão do passe e a boa recepção da bola foram dos primeiros aspectos ensaiados pelos jogadores dos Mambas, sob olhar atento de Abel Xavier e seus adjuntos. Os três guarda-redes, já juntos, ensaiavam as defesas que tanto vão precisar no sábado, para parar os remates dos Djurtus, de modo que não soframos golos. Estes estavam sob batuta dos dois treinadores que testavam a segurança de cada um.

Depois dos trabalhos separados, entrou-se para o trabalho conjunto, onde Abel Xavier ensaiou jogadas de contra-ataques, com destaque para remates, onde os avançados devem saber aproveitar as oportunidades que tiverem.

Mas a meio do treino, Clésio abandonou os trabalhos, ressentindo-se de um toque que sofreu no último jogo efectuado no seu clube. Mas nada que preocupe a equipa técnica. Os jogadores que estiveram presentes na conferência de imprensa, nomeadamente Maninho e Reginaldo, assumem que vencer a Guiné-Bissau é a palavra de ordem no seio dos Mambas, mesmo porque o objectivo é manter a liderança do grupo K e assegurar quanto antes a passagem à fase final do CAN.

Maninho está apostado em fazer parte dos convocados para o embate e trabalhar para merecer a chamada no onze inicial.

Já Reginaldo, que vem de três golos marcados no fim-de-semana pela sua equipa, diz que está motivado a dar o seu máximo para ajudar os Mambas a vencer.

Para atingir o objectivo de se manter na liderança do grupo K, os Mambas contam com apoio do público, que deve fazer a onda vermelha.

Os Mambas lideram o grupo K de qualificação ao CAN 2019 com os mesmos 3 do seu adversário de sábado, a Guiné-Bissau. O jogo terá lugar no Estádio Nacional do Zimpeto, às 17 horas.

Todos jogadores disponíveis

Clésio Baúque e Telinho apresentam algumas mazelas trazidas dos respectivos clubes, mas o médico da selecção garante que estarão aptos para o jogo com a Guiné-Bissau.

Relativamente aos jogadores que evoluem na Europa, Mussá Calú, médico da selecção nacional, garante que estão recuperados do desgaste físico da viagem e prontos para o jogo de sábado em que a vitória é a palavra de ordem no grupo de trabalho.

Para já, os sinais são animadores nos Mambas até porque todos os pré-convocados estarão aptos para defrontar a Guiné-Bissau, cabendo ao seleccionador nacional, Abel Xavier, fazer as escolhas daqueles que vão procurar a segunda vitória de Moçambique no grupo K de qualificação ao CAN-2019, nos Camarões.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos