O País – A verdade como notícia

Mambas seguem para Ruanda cheios de confiança

Os Mambas estão na recta final da preparação para o embate da próxima quarta-feira, diante do Ruanda, a contar para a quinta jornada de qualificação ao CAN-2021. Luís Gonçalves diz que está confiante num bom resultado porque confia nos jogadores que vai levar a Kigali.

 É a contagem decrescente para o embate de Kigali, diante do Ruanda e a preparação é cada vez mais intensiva, com os Mambas a ficarem mais completos à medida que os jogadores que actuam fora de portas vão se juntando aos internos.

Luís Gonçalves diz estar satisfeito com a entrega dos jogadores que estão a preparar esta dupla empreitada. “O estágio está muito bem. Todos jogadores têm estado a bom nível e o ambiente é de confiança, com entrega total dos jogadores e só tenho que a dizer que estou satisfeito porque esta semana está correr bastante bem”, disse Luís Gonçalves.

Com muitas especulações à volta da vinda de jogadores que actuam fora de portas e que poderão fazer parte das escolhas dos Mambas para esse jogo, o seleccionador nacional diz que confia nos atletas de que dispõe e que vai levar todos os convocados para Kigali. “Tem existido sempre preocupação em saber quem são os jogadores com que podemos contar para este jogo. Nós vamos usar os jogadores que temos disponíveis e devo dizer que confio muito nestes jogadores”, esclareceu Gonçalves.

Até porque agora Luís Gonçalves só pensa no embate diante do Ruanda e mais tarde vai pensar no Cabo Verde. E o próprio revela que “sei que muitas pessoas estão a pensar no jogo de Cabo Verde. Sei que o jogo de Cabo Verde é importante mas antes desse jogo temos que jogar com Ruanda. E honestamente só penso nesse jogo e no resultado que devemos fazer no Ruanda”. E depois frisa: “o objectivo é sempre ganhar. Não interessa com que adversário jogamos, o importante é alcançarmos o nosso objectivo de vencer. Os jogadores que entrarem em campo terão e minha total confiança”.

GONÇALVES AINDA CONTA COM TODOS “ESTRANGEIROS”

Quanto a jogadores que actuam fora de portas, há indicação de que a Federação Francesa de Futebol colocou imposições para a vinda de Reinildo e Mexer, nomeadamente da garantia de um voo particular para o regresso dos mesmos, e Luís Gonçalves assume o desejo de ter estes e mais jogadores, por isso diz continuar na expectativa de ter todos em Kigali. “Nunca desisti e nunca desisto de ter os jogadores que eu acho que são melhores neste momento para representar a selecção nacional. Mas temos que enaltecer e agradecer o esforço que a FMF e a SED tem estado a fazer para trazer os jogadores de fora, mas não tenho certeza se eles vem ou não, mas sempre vamos aguardar por eles”, disse Luís Gonçalves.

Aliás, o seleccionador tem estado a reiterar a confiança que tem nos jogadores convocados e diz que é com eles que conta para alcançar o objectivo de somar pontos em Kigali.

Mas nem todos tem disponibilidade para representar o combinado nacional. De acordo com Luís Gonçalves “a informação que temos é que há alguns casos que infelizmente já não contamos com eles, casos de Reginaldo, que a equipa não autorizou, Zainadine e Amâncio ainda não temos certeza, tal como Witi, por estarem na Madeira e a ilha, por seu autónoma ter as suas regras, não vamos contar com a promessa que esperávamos, o Pepo que está lesionado e não vem, Geny também não vem porque está lesionado e tem que cumprir a recuperação no clube, o Clésio sabemos que estará connosco, assim como o Faisal Bangal que está confirmado”.

Entretanto, alguns dos jogadores que vem da Europa só se juntam aos Mambas esta segunda-feira em Kigali. “Tenho expectativa de que até ao último momento os jogadores possam se juntar ao grupo. Mas temos que valorizar os que cá estão e estão de corpo e alma”.

CHAMADA DE DOMINGUES É POR OPÇÃO TÉCNICA

Uma das questões que tem estado a ser feita por muitos desportistas, adeptos dos Mambas, é a chamada de Domingues, de última hora. Luís Gonçalves diz que a única resposta para esta chamada é “opção técnica”. “Em relação a Domingues só posso dizer que a sua chamada é opção técnica e esperamos que ele possa dar mais motivação aos restantes jogadores. Conversei com ele sobre a não chamada naquela altura e porque só agora foi chamado e disse que entendia a situação, tal como assegurou estar consciente se tiver que jogar de princípio ou começar no banco”, explicou Luís Gonçalves.

As ausências confirmadas dos jogadores que actuam fora de portas obrigaram Luís Gonçalves a chamar outros jogadores, com destaque para a descoberta feita por Dário Monteiro nos Mambinhas sub-20, o capitão Celton Jamisse, da Black Bulls, Abu, defesa do Costa do Sol, entre outros, que partem esta segunda-feira a Kigali.

Na capital ruandesa o combinado nacional fará treino de adaptação ao relvado do jogo na terça-feira.

LUIS MIQUISSONE

Estamos preparados porque temos vindo a trabalhar bem. Estamos focados e esperamos dar o nosso melhor para ganharmos o jogo. Já estou habituado a pressão e a responder o que as pessoas esperam de mim e estou a trabalhar afincadamente para dar o meu melhor. Acho que estamos unidos e todos jogadores mostram um nível elevado fisicamente e a questão é nos unirmos cada vez mais para fazermos um bom jogo.

TELINHO

Os adeptos tem de esperar tudo de nós e estamos a trabalhar para responder positivamente ao nosso objectivo. O que queremos é só chegar lá e mostrarmos nossas forças e regressar com os três pontos. Estou a 100% fisicamente e com a minha força de vontade vou tentar ajudar a minha selecção a alcançar o seu objectivo e por isso sempre farei o melhor para ajudar a selecção. O sonho de qualificação ao CAN é de todos nós e sei que vamos fazer de tudo para conseguir alcançar o sonho.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos