O País – A verdade como notícia

Mambas com veneno afinado para o Ruanda

Os Mambas defrontam o Ruanda em jogo a contar para a quinta jornada de qualificação ao CAN dos Camarões. Todos os jogadores tiveram teste negativo para a COVID-19 e aptos para o jogo.

Não é tal como Luís Gonçalves desejava para estes dois jogos, em função dos jogadores inicialmente convocados e que não poderão dar seu contributo ao conjunto moçambicano. São muitas as limitações que a equipa técnica nacional tem para este jogo diante do Ruanda, esta quarta-feira, quando forem 15H00 de Maputo, em Kigali.

Desde a defesa até ao ataque são nove as ausências confirmadas, seis dos quais titularíssimos nos Mambas, que desfalcam a equipa numa das partidas mais importantes na caminhada ao Campeonato Africano das Nações dos Camarões, em Janeiro de 2022.

Mexer e Zainadine Jr, no eixo da defesa, Reinildo na esquerda da defesa, Witi a fazer dupla do lado esquerdo com Reinildo, Geny Catamo e Reginaldo Mandava, a dupla da frente, são os potenciais titulares que não estarão presentes neste jogo, devendo ver seus lugares ocupados por outros, na expectativa de que façam bem melhor para garantir um resultado positivo.

Mas ainda estará ainda de fora David Malembane, jogador que esperava fazer a sua estreia pelos Mambas nestes dois jogos, para além de Pepo, que também se faria presente pela primeira vez ao serviço dos Mambas, e Amâncio “Neymar” Canhemba, jogador que até se estreou e marcou um golo pelos Mambas, que não darão seu contributo a selecção nacional.

Facto mesmo é que na tarde desta quarta-feira, no Estádio Regional de Kigali, Luís Gonçalves terá que apresentar uma selecção alternativa, mas com características venenosas para derrubar os ruandeses e regressarem ao país com um resultado satisfatório, que permita resolver e regularizar a questão da qualificação em Maputo, no dia 30, diante do Cabo Verde.

 

Onze alternativo

A baliza é um dos sectores onde haverá, certamente, muitas incógnitas, tendo em conta que todos os quatro chamados são passiveis de serem titulares, Ernani é o que está mais próximo de entrar de início. Mas claro está que Guirrugo, o mais experiente dos quatro, também está na linha da frente para ser opção inicial.

No sector defensivo, onde já nos referimos a ausência do principal esquadrão, Jeitoso será o líder e acompanhado no centro por Chico, com quem fez dupla no Ferroviário de Maputo em tempos. Chico joga actualmente no TS Sporting da África do Sul.

Para as laterais, Luís Gonçalves tem apenas uma certeza: Sidique na direita parece ser intocável. Na esquerda concorrem Bruno Langa, Bhéu, Jorge e Abu, mas o lateral da União Desportiva de Songo está com ligeira vantagem para a titularidade, que também pode ser dada ao “português” Bruno Langa.

Kambala também tem lugar assegurado no miolo do terreno, provavelmente a fazer a dupla de sempre com Kito, ficando Domingues na direita e Kamo Kamo na esquerda. Mas atenção que Amadu ainda pode entrar para o lugar de Kito e formar a dupla com Kambala.

Para o sector mais adiantado, Clésio e Luís Miquissone serão as opções que se esperam marquem golos necessários para a festa dos moçambicanos.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos