O País – A verdade como notícia

Mambas arrancam nulo aos Elefantes na qualificação ao Mundial

Moçambique empatou, na tarde desta sexta-feira, diante da Costa do Marfim, sem abertura de contagem, em jogo que contava para a primeira jornada do grupo D de qualificação ao Mundial do Qatar, em 2022.

Na partida desta sexta-feira, foram muitas as alterações feitas na selecção nacional, relativamente ao que tem sido habitual, com a integração de Betão, Martinho, Shaquile e Melque no onze inicial.

Mas pareceu que estas novidades não conseguiam enquadrar-se com os seus pares em campo, caso de Betão, que, no início, não se entendeu com Zainadine e quase vendia a pátria, ao perder a bola na zona perigosa e permitir ao avançado costa-marfinense um remate rasteiro, com Ernan a controlar com os olhos.

Os “elefantes” eram mais perigosos nos primeiros minutos, aproveitando o respeito acima da média que era mostrado pelos Mambas. Num contra-ataque rápido, estiveram perto de marcar, mas Sebastien, já acossado por Zainadine Jr, rematou para defesa apertada de Ernan, que, de alguma forma, procurava dar segurança aos seus colegas.

Com pouca acção ofensiva, já que Luís Miquissone sempre descia para procurar a bola e, na frente, Melque não conseguia desfazer-se dos latagões adversários, os Mambas procuravam sacudir a pressão da Costa do Marfim e, pouco a pouco, tentavam chegar à baliza adversária.

No entanto, só ao minuto 40 é que os Mambas tiveram o primeiro pontapé de canto e, na sequência, o primeiro remate, de Bruno Langa, com a bola a passar muito longe da baliza adversária.

O nulo prevaleceu até ao descanso.

A segunda parte começou com a Costa do Marfim a procurar desfazer o empate e, por isso, a pressionar os Mambas no seu reduto recuado, e, por diversas vezes, fez remates à baliza de Ernan, mas ou não tomavam a direcção certa, ou o guarda-redes moçambicano se mostrava seguro.

Ao minuto 59, Sangaré cobra um livre com perigo a permitir o guardião moçambicano brilhar, com uma defesa espectacular para fora.

Depois, foi Gradel, de longe, também a tentar a sua sorte, num remate forte, mas a bola a passar ao lado da baliza de Ernan.

Foi uma provocação para acordar a cobra Mamba, até porque, com as entradas de Geny Catamo, Amâncio, Nilton e Estêvão, houve uma revolução no relvado. Coube ao jogador do Sporting de Portugal testar a atenção de Sylvain, num canto quase olimpo, para defesa atenta do guarda-redes costa-marfinense.

Perto do final do jogo, mais dois lances de registo de parte a parte. Primeiro para os “elefantes”, com a bola a passar ao lado e, depois, por Amâncio Neymar, que, em boa posição, rematou por cima.

Nulo a abrir a caminhada dos Mambas na qualificação ao Mundial do Qatar, a dar o primeiro ponto ao país, perante um gigante africano.

Um resultado que agradou ao seleccionador nacional, Horácio Gonçalves, que o considerou como justo, olhando para a entrega dos jogadores dentro das quatro linhas, destacando a segunda parte de luxo dos Mambas, principalmente após as substituições feitas.

Terça-feira, à mesma hora, será diante do Malawi, em Joanesburgo, para a segunda jornada do grupo D, de qualificação ao Mundial do Qatar, em Novembro e Dezembro de 2022.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos