O País – A verdade como notícia

Mali: Libertados 12 civis e militares detidos no golpe de Estado

Doze personalidades civis e militares do Mali, incluindo o antigo primeiro-ministro Boubou Cissé, detidas no golpe de Estado de 18 de Agosto, foram libertadas, anunciou ontem o chefe da junta militar, coronel Assimi Goita, citada pela Lusa.

Em comunicado, citado pelo Notícias ao Minuto, o Comité nacional para a salvação do povo (CNSP, no poder), que derrubou o Presidente maliano, Ibrahim Boubacar Keita, indicou que “o vice-presidente da transição informa a opinião pública (…) da libertação neste dia das personalidades políticas e militares detidas na sequência dos acontecimentos de 18 de agosto de 2020”.

O mesmo comunicado, publicado nas páginas do CNSP nas redes sociais Facebook e Twitter, apontou que os libertados são “o antigo primeiro-ministro Boubou Cissé, o antigo presidente da Assembleia Nacional Moussa Timbiné, os generais Ibrahima Dahirou Dembelé, M’bemba Moussa Keita, Oumar Dao, Ouahoun Koné, Boukary Kodio, Abdramane Baby, Abdoulaye Coulibaly, Moustapha Brabo e o coronel-major Faguimba Kansaye”.

Na terça-feira, a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) levantou as sanções impostas ao Mali, na sequência do golpe de Estado, devido aos “avanços notáveis no sentido da normalização constitucional”, com a criação de órgãos encarregados de conduzir a transição para um poder civil.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos