O País – A verdade como notícia

Malhampsene tenta retaliar xenofobia na África do Sul

Na manhã de hoje, catadores de lixo em Malhampsene, na Matola, província de Maputo, tentaram interditar a entrada de camiões sul-africanos, na Estrada Nacional Número Quatro (EN4), em retaliação aos focos de xenofobia que se registam naquele país vizinho.

Queimaram dois pneus e obrigaram camionistas à retaguarda, em jeito de resposta à violência contra estrangeiros “na terra do rand”, que já fez pelo menos cinco mortos.

O comando da PRM ao nível da Província de Maputo destacou um efectivo para acalmar os catadores, que só abrandaram os ânimos após a chegada dos homens da lei e ordem.

“Conversamos com os catadores e os aconselhamos a não pautarem pela violência. Eles entenderam e, já está tudo calmo. Não há nenhum detido”, disse Fernando Manhiça, porta-voz da PRM na província de Maputo.

Até a tarde de hoje quando “O País” se retirou do local das manifestações, o trânsito continuava normal na EN4, sendo que camiões da África do Sul circulavam normalmente, contrário ao que teria sido veiculado nas redes sociais, sobre viaturas incendiadas.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos