O País – A verdade como notícia

Mais um óbito por atropelamento na cidade de Maputo

Mais uma pessoa entra para lista das vítimas mortais de alguns condutores que se fazem a via pública sob efeito de álcool associado a alta velocidade.

Trata-se de um jovem de 22 anos de idade que entrou para o serviço de urgências do Hospital Central de Maputo (HCM), no sábado, com um estado clínico grave e inconsciente. O jovem vinha transferido do Hospital de Geral José Macamo.

“Foi observado com diagnóstico de politraumatizado, com traumatismo grave da cabeça e um sangramento torácico bilateral. O paciente continuava gravíssimo e culminou em óbito”, explicou a Médica Chefe Mara Massinga.

Segundo a Médica Chefe, o sábado foi igualmente marcado pelo drama de violações sexuais onde dois menores de 2 e 3 anos de idade e uma jovem de 18 anos foram sexualmente violados na cidade de Maputo.

“Tivemos três casos de violência doméstica nos bairros Alto Maé, Aeroporto e Mafala. Tivemos também três casos de delito sexual evolvendo três menores de 2, 3 e 18 anos, um dos quais do sexo masculino, ocorrendo no bairro do Triunfo, Aeroporto e Bagamoyo”, revelou Mara Massinga.

O HCM atendeu de 26 a 27 de Dezembro em curso, 489 doentes com uma redução de 313 pacientes comparativamente a igual período de 2019. Destes, 235 deram entrada no serviço de adultos seguido da urgência de pediatria com 121 pacientes, 55 pela urgência de ginecologia e sala de partos, 32 pela clínica especial e 4 pela medicina legal.

Em concordância com Mara Massinga o apelo redobrado vai para o controlo das crianças, sendo que estas não se podem fazer à rua sozinhos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos