O País – A verdade como notícia

Mais de um milhão de pessoas terá acesso à redes mosquiteiras em Manica

A campanha levada a cabo pelo Ministério da Saúde (MISAU) e parceiros insere-se nas acções de combate à malária, que é tida como uma das principais causas de mortalidade no país.

Pretende-se com esta campanha abranger um milhão e seiscentos mil habitantes de Manica. O governo diz que pretende com a iniciativa, combater a malária, que tem estado a dizimar vidas humanas no país.

“O objectivo é que cada família tenha pelo menos uma rede mosquiteira”, disse Alberto Mondlane, Governador de Manica.

Baltazar Candrinho, responsável do MISAU para o combate à malária, diz estar ciente do trabalho que é preciso desenvolver para reduzir o número de casos da doença na província.

A Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade (FDC), parceira da iniciativa, reitera que depois da distribuição das redes mosquiteiras haverá necessidade de sensibilizar as comunidades para o uso correcto das redes e melhoria do saneamento do meio.

Em Manica, os distritos de Gondola, Vandúzi e Báruè são os que apresentam números elevados de casos de malária.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos