O País – A verdade como notícia

Mais de 500 pessoas vão celebrar Natal com Lula

Há oito meses com seus direitos constitucionais negados e mantido preso em Curitiba, o ex-presidente Lula terá o apoio de mais 500 pessoas que participarão de celebração do Natal em sua solidariedade; Natal da Vigília Lula Livre começará com um acto inter-religioso, às 20h, seguido por uma ceia de Natal, preparada colectivamente pelos militantes da Vigília; até ao momento, está confirmada a chegada de caravanas das cidades de São Paulo (SP), São Bernardo do Campo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Florianópolis (SC); Natal da Vigília Lula Livre, nos dias 24 e 25, contará com actos culturais e as tradicionais saudações de "bom dia", "boa tarde" e "boa noite" ao ex-presidente Lula.

Rosane Santos, integrante da direcção nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) e uma das organizadoras do Natal da Vigília, conta que o intuito da celebração é reunir pessoas para confraternizar, dialogar e mandar boas energias ao ex-presidente.

“Com certeza vai ser mais um momento muito emocionante para todo mundo, porque a gente sabe que nós vamos estar aqui abraçando uns aos outros e ele [Lula] vai estar lá, sozinho, ouvindo nossas vozes, mas não vai poder ter um abraço, um carinho”, diz.

A Irmã Ana Fuzinatto frequenta a Vigília Lula Livre todos os domingos, onde ajuda a preparar a tradicional celebração ecuménica dominical. Integrante da Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas, de Curitiba, ela conta que celebrar o Natal na Vigília será uma forma de reforçar o espírito da data.

“Para nós, Lula sempre foi um modelo que nos impulsiona a caminhar junto com o povo, na opção pelos pobres, pelo cuidado da vida, pelas pessoas que estão à margem da sociedade. Nós sentimos, claro, em Jesus Cristo nosso modelo principal, mas, como ser humano, o Lula também é nosso modelo”, explica.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos