O País – A verdade como notícia

Mais de 500 militares das FADM passam a ostentar a patente de sargentos

O Presidente da República, Filipe Nyusi, na qualidade de Comandante-Chefe dirigiu esta sexta-feira a graduação de pouco mais de 500 sargentos das Forças Armadas de Defesa de Moçambique.

A cerimónia de graduação foi antecedida pela demonstração de algumas técnicas e tácticas aprendidas durante o período da formação dos sargentos, dentre as quais o manuseamento da AK-47, a arma mais usadas pelas Forças de Segurança e Desefesa (FDS), entre outras, sob olhar atento do Comandante-Chefe das FDS.

A seguir foi a cerimónia central que iniciou com a revista da parada militar pelo Chefe de Estado e depois a marcha dos graduados feita em duas modalidades e sob acompanhamento da banda militar. Houve patenteamento e atribuição de certificados aos graduados.

No seu discurso o Chefe de Estado recordou ainda às FADM do desafio que encerra o processo de Desarmamento, Desmilitarização e Integração dos Homens Armados da Renamo:

Por seu lado o Ministro da Defesa Nacional, Atanásio M’tumuke disse que o acto é cumprimento da Política de Defesa Nacional:

Já o comandante da Escola de Sargentos, Fabião Manjate falou das matérias que foram lecionadas aos sargentos agora graduados.

A cerimónia contou com a participação de familiares e amigos dos graduados.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos