O País – A verdade como notícia

Mais de 50 cantores subiram ao palco do campo de Maxaquene em solidariedade às vítimas

Juntaram-se centenas de pessoas, exaltaram uma só causa: ajudar as vítimas do ciclone Idai. Foram mais de 50 cantores entre moçambicanos, angolanos e portugueses que actuaram esta sexta-feira, na cidade de Maputo  para angariar apoio para ajudar as vítimas do Idai.

O céu parecia cinzento, mas braços juntaram-se para ajudar as vítimas do ciclone Idai na zona centro do país.

A cada entrada, um donativo. Pouco ou muito, valia a intenção de quem também queria desfrutar do espetáculo que que tinha uma causa justa e solidária.

Vários artistas em palco. Quebraram-se as fronteiras e ali, viu-se a Beira, aliás toda a zona centro do país.

O público vibrou e exaltou um país inteiro em nome de uma região, Tradução: moçambicanidade.

A música serviu, mais uma vez, para quebrar fronteiras e despertar o sentimento solidário. Não se contabiliza, porque afinal, foi o coração de cada moçambicano, angolano e português que juntos estiveram por uma só causa: devastar o Idai.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos