O País – A verdade como notícia

Mais de 5 mil pessoas juntam-se em movimento de limpeza nas praias de Inhambane

Com pouco mais de 700km de costa, a província de Inhambane é mundialmente conhecida por suas praias com águas cristalinas que atraem turistas de todo planeta.
Mas com os turistas, vem também o lixo maioritariamente composto por garrafas plásticas e de vidro, bem como objectos de metais, colocando em perigo a vida de quem visita a “terra da boa gente”.

Na manhã deste sábado, pouco mais de 5 mil pessoas juntaram -se em toda província de Inhambane para limpeza das praias.
Segundo o coordenador do Movimento REPENSAR em Inhambane, ainda falta consciencialização das pessoas, de modo que percebam como gerir o lixo, mas sobretudo entendam que produzir lixo é prejudicial ao ambiente. Luciano da Conceição defende ainda que aos poucos o cenário tem vindo a mudar, pois contrariamente aos anos anteriores, hoje, é difícil encontrar lixo nas praias de Inhambane.

O grupo de soldados do ambiente é  maioritariamente composto por estudantes que procuravam aprender fazendo, uma vez que de lá saiem com a missão de educar as pessoas e alargar a rede de amantes do meio ambiente.
Quem também juntou-se ao movimento foi o Ministro da Ciência e Tecnologia, Jorge Nhambiu  que defende que mais do que limpar, é preciso não sujar.
A campanha de limpeza é liderada pelo movimento REPENSAR que também integra a componente de reciclagem de lixo.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos