O País – A verdade como notícia

Mais de 436 mil alunos estudam ao ar livre na Matola

A falta de salas de aula e de carteiras é um problema que ainda tira sono aos gestores do sector de educação no país. O distrito da Matola, província de Maputo, segundo a administradora, Anastácia Quitane, tem um défice de 624 salas de aula, facto que obriga a que cerca de 436 800 alunos do ensino primário estudem ao ar livre, expostos a todas as condições climatéricas.

Nos dias de chuva e vendavais, os professores são obrigados a interromper as aulas, condicionando desta forma o aproveitamento pedagógico.

A administradora do distrito da Matola, província de Maputo, Anastácia Quitane, diz que o sector de educação enfrenta problemas relacionados com infra-estruturas e Matola não é uma excepção.

Devido a escassez de salas de aula e das respectivas carteiras, pelo menos 624 salas de aula para garantir que os cerca de 436 800 alunos do ensino primário deixem de estudar ao ar livre.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos