O País – A verdade como notícia

Mais de 300 camponeses de Sofala estão sem água há seis meses

O sistema de regadio do distrito do Búzi, em Sofala, não está a bombear água, nos últimos seis meses, para irrigar os campos de cerca de 300 camponeses na sequência de uma dívida de cerca de 200 mil meticais à Eletricidade de Moçambique.

Para a governadora de Sofala, Helena Taipo, não faz sentido condicionar a irrigação dos campos por causa de uma dívida com associações camponesas, num momento em que a aposta é aumentar a produção e a produtividade.

Assim, a partir de hoje, iniciarão encontros com todas as partes envolvidas neste caso à busca de uma solução urgente.

Refira-se que este regadio chegou a ser visitado em meados do ano passado pelo Presidente da República, e na altura ficou a garantia que a infra-estrutura seria um grande catalisador da produção agrícola em Sofala.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos