O País – A verdade como notícia

Mais de 2000 pessoas perderam emprego devido ao mal do panamá

Pelo menos 2480 trabalhadores perderam emprego devido ao mal do panamá que está a afectar bananeiras de Nampula e Cabo Delgado.

O mal do panamá, que afecta as bananeiras, foi diagnosticado pela primeira vez em Nampula, entre 2013 e 2014. Sendo provocado por um fungo localizado no solo, por isso difícil de controlar, e absolvido pelas raízes da bananeira. As províncias de Nampula e Cabo Delgado são as que apresentam os níveis mais elevados de infestação, tendo farmas já encerradas e vários trabalhadores ficaram sem trabalho. Cerca de 1300 hectares da cultura já foram perdidos.

E porque um mal nunca vem só, as outras frutas como a manga e a laranja estão a ser atacadas pela mosca da fruta. Uma praga que também pode comprometer a segurança alimentar e nutricional de muitas comunidades.

A informação foi avançada por Antónia Vaz, chefe do departamento de sanidade vegetal no Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar, que prestou as declarações durante a reunião do conselho técnico de emergência, esta sexta-feira, em Maputo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos