O País – A verdade como notícia

Mais de 118 mil pessoas poderão ter emprego no país através do “Industrializar Moçambique”

O Presidente da República, Filipe Nyusi, procedeu hoje ao lançamento do Programa Nacional Industrializar Moçambique, no distrito de Vanduzi, em Manica. Segundo Nyusi, com a iniciativa, mais de 118 mil pessoas, com destaque para jovens, poderão ter emprego no país.

Para o Presidente da República, com a implementação do “Industrializar Moçambique”, o país poderá reduzir a dependência por importações, aumentando, assim, as exportações, o que poderá equilibrar a balança comercial.

No seu discurso, Filipe Nyusi disse, igualmente, que o sector industrial representa 8.4 % do Produto Interno Bruto (PIB), tendo acrescentado que 80% diz respeito ao desempenho da indústria alimentar, de bebidas e de minerais não metálicos.

O Estadista moçambicano destacou que a província de Maputo detém a maior percentagem de empresas, com 37%, seguida pela província de Sofala com 18%, Manica com 12% e as restantes províncias estão, na sua maioria, abaixo de nove por cento.

A visão do Programa Nacional Industrializar Moçambique, segundo apontou Nyusi, é defender uma abordagem integrada baseada nos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), e outros dispositivos com destaque para o Plano Estratégico de Desenvolvimento da SADC.

O programa hoje lançado poderá ser replicado noutras províncias, de modo a produzir matérias-primas que abasteçam as indústrias locais.

“O programa preconiza a construção de infra-estruturas, como abastecimento de água, expansão das telecomunicações, a rede eléctrica; a melhoria do ambiente de negócios; capacitação em matérias de conteúdo local; e promoção de financiamento, para iniciativas industriais”, explicou Nyusi.

Ainda na sua intervenção, o Chefe de Estado desafiou os empresários a trabalharem para a geração de lucro e criação de mais postos de emprego no país.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos