O País – A verdade como notícia

Moçambique encerra ano com 4.861 infectados e 10 óbitos por Coronavírus

De um total de 11.396 testes feitos nas últimas 24 horas, 4.861 tiveram resultado positivo. Ainda no mesmo período, 10 pacientes morreram.

A capital do país voltou a ser o local com mais contágios, ao diagnosticar 919 casos em 24 horas. É também o local com a maior Taxa de Positividade no país (43.23%).

Os infectados são 4.814 de nacionalidade moçambicana e 47 de nacionalidade estrangeira. Ao todo são 2.683 mulheres, 2.174 homens e quatro são pessoas cujo género não foi possível identificar.

“O cumulativo de amostras testadas até à data é de 1.098.922 e o de casos positivos é de 189.080. Desses, 188.711 são casos de transmissão local e 369 importados”, refere o Ministério da Saúde, em nota de imprensa.

Hoje, último dia do ano, Moçambique atingiu o cumulativo de 2006 mortes causadas pela pandemia, ao reportar mais 10 óbitos, entre os quais está uma criança de quatro meses.

Não obstante terem sido notificados hoje, as mortes foram declaradas entre os dias 29 e 30 do mês em curso. As vítimas são seis homens e quatro mulheres que estavam hospitalizados na Cidade de Maputo e províncias de Inhambane e Tete.

Foram registados, de ontem para hoje, 59 novos internamentos e 24 altas hospitalares. O país passa a contar com 180 pacientes internados devido ao vírus.

“Com satisfação, anunciamos a recuperação de um total de 567 indivíduos”, anunciou a Saúde, explicando que 457 são da Província de Maputo, 79 de Sofala, 22 de Niassa e nove na Zambézia.

Desse modo, o total de recuperados do vírus sobe para 156.570.

Moçambique termina o ano 2021 com 30.500 casos activos da COVID-19.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos